Corvos presenteiam garota após fazerem amizade com ela

Corvos presenteiam garota após fazerem amizade com ela

123 9976

Que os animais e os humanos são capazes de desenvolver uma amizade muitas vezes sólida nós já sabemos. Mas, você já tinha ouvido falar de uma parceria entre um corvo e uma criança?

Bom, é isso que aconteceu com uma menina de oito anos de Seattle, que conseguiu fazer uma amizade insólita com não um único animal, mas um grupo inteiro de corvos que frequentavam seu jardim. Gabi Mann alimenta as aves desde 2011, quando ainda tinha quatro anos, e daí foi surgindo a aproximação.

Foto: Lisa Mann

Mas o mais inusitado veio depois. Com o tempo, os corvos pareciam sentir necessidade de devolver as gentilezas de Gabi e, em troca, começaram a trazer para ela pequenos objetos, como botões, clipes de papel e até brincos. Enfim, qualquer coisa que coubesse em seus bicos era o suficiente. 

Foto: Katy Seawall

Uma reportagem da BBC Brasil abordou o caso e revelou a paixão de Gabi pelos animais. Segundo o jornal, ela guarda seus “presentes” cuidadosamente em uma caixa na sala de jantar da casa da família. “Guardamos na melhor condição que conseguimos”, disse a menina segurando uma das embalagens.

Entre os presentes, está uma bola prateada em miniatura, um botão preto, um clipe azul, uma miçanga amarela, um pedaço de espuma preta, desbotada, uma peça azul de Lego.

INÍCIO
Segundo a mãe de Gabi, Lisa Mann, a amizade teria começado quando a criança estava comendo e deixava pedaços do alimento caírem no chão. Imediatamente os corvos que viviam próximo a sua casa vinham para se alimentar.

Com o tempo, os corvos passaram a observar Gabi, provavelmente esperando por mais restos de comida. Quando ficou mais velha, a menina recompensou esta atenção das aves dividindo seu lanche a caminho do ponto de ônibus para ir para à escola. A partir de então, em vez de simplesmente derrubar alguns restos de vez em quando, a mãe e filha enchiam o bebedouro para aves do quintal com água fresca e cobriam as bandejas para alimentação das aves com amendoins. 

Foto: Lisa Mann

Segundo a família, os corvos comiam todo o amendoim e deixavam os pequenos objetos nas bandejas vazias: um brinco, uma pedra polida, uma dobradiça. Não havia um padrão. Os presentes apareciam esporadicamente.

Para John Marzluff, professor de ciências da vida selvagem na Universidade de Washington, que também é especialista em aves, é totalmente possível fazer amizade com os corvos. Marzluff também afirmou que amendoins são a melhor oferta para estas aves.

 

123 COMENTÁRIOS

      • Olá, Marcos!

        O passeriforme mais próximo que temos no Brasil é a gralha, pertencente à família Corvidae. Logo, um primo do corvo propriamente dito.
        A graúna é da família Icteridae. Inclusive o canto é muito diferente.
        Acredito que esse comportamento se repita entre os corvídeoes, sim!
        Abraço!

Deixe uma Resposta