Mastim-tibetano: a raça de cachorro mais cara do mundo

Mastim-tibetano: a raça de cachorro mais cara do mundo

35 15594

O mastim-tibetano, popular na China, é considera a raça de cachorro mais cara do mundo. O animal pode custar até U$ 750 mil, cerca de R$ 1,5 milhão de reais.

Raça de cachorro mais cara do mundo
Ed Jones/AFP

Nesta semana, um mastim tibetano foi vendido na China por quase US$ 2 milhões de dólares (R$ 4,4 milhões), uma das maiores quantias pagas por um cão no mundo segundo o jornal local jornal Qianjiang. O comprador, um rico promotor imobiliário, pagou 12 milhões de yuanes (US$ 1,9 milhão) para adquirir o animal de um ano de idade e 90 quilos em uma exposição na província de Zhejiang.

+ 4 cachorros gigantes do reino animal

Raça de cachorro mais cara do mundo
Homem posa com mastim tibetano que foi vendido na China por quase US$ 2 milhões (cerca de R$ 4,6 milhões), uma das maiores quantias pagas por um cão no mundo, segundo a imprensa chinesa, em 18 de março de 2014.

Os mastins tibetanos são comparados frequentemente aos leões por seu aspecto físico. De alguns anos para cá, a raça passou a ser muito cobiçada pelos milionários chineses e virou símbolo de status social.

Estudos apontam que a raça foi recriada por britânicos no fim da década de 1800, após ter sido declarada extinta. Antigamente, esses cachorros enormes eram conhecidos por protegerem casas e rebanhos.

Raça de cachorro mais cara do mundo
Ed Jones/AFP
Raça de cachorro mais cara do mundo
Reprodução
Mastim-tibetano filhote
Ed Jones/AFP

35 COMENTÁRIOS

  1. Por que atribuir um valor absurdo desses a um cachorro que é um simples mortal tais como os outros? E quando o cachorro, não importa a raça, morrer, todo o dinheiro gasto com ele vai para o ralo. É cada paranauê da doidice que me aparece que eu vou te contar, viu?kkk

Deixe uma Resposta